Combinação perfeita queijos e vinhos!

André Barreto Destaque Gastronomia, Gastronomia, Harmonização, Queijo e Vinho Leave a Comment

Combinação perfeita queijos e vinhos

Queijo é muito bom… Mas quando em sintonia com o vinho, fica melhor ainda! Por isso, preparamos algumas combinações que não têm mistério. É sucesso garantido com a Digníssima!

Provolone

Origem: Itália

Tem aroma defumado, é firme e salgado. Harmoniza com os Vinhos Cabernet, Malbec e Shiraz.

Gorgonzola

Origem: Itália

Com aparência estranha para muitos, ele é levemente frutado, salgado e picante ao mesmo  tempo.Tem consistência macia, que derrete na boca. Combina com vinhos doces e licorosos como Porto, Moscatel e Xérez.

Gouda

Origem: Holanda

De sabor adocicado e textura macia! Com o passar do tempo, ele ganha uma leve picância. Harmoniza com Vinhos tintos Merlot, Shiraz e Carménère ou Vinho branco Chardonnay.

Brie

Origem: França

Por dentro de uma casca branca, tem textura aveludada e sabor que lembram os Cogumelos     frescos. Combina com Vinhos mais leves, como o tinto Pinot Noir ou os brancos Chardonnay e Sauvignon Blanc.

Emental

Origem: Suíça

Considerado o melhor queijo por muitas pessoas, ele é bem macio, furadinho e tem o sabor adocicado. Harmoniza com os Vinhos tintos Carménère, Shiraz e Merlot, ou Vinhos brancos como Riesling e Chardonnay.

Parmesão

Origem: Itália

De sabor salgado e levemente picante, ele é quebradiço e muito usado nas receitas deMassas e Risotos. Cai muito bem com Cabernet Sauvignon.

– Experimente também comer esses Queijos com Frutas, Sementes e Pães. Esses alimentos ajudam a limpar o paladar em uma degustação entre diferentes tipos de Queijos.

– Todos os Queijos e tipos de Vinhos citados são facilmente encontrados em Supermercados e Empórios.

Boa degustação!

Sobre André Barreto

André BarretoIdealizador do Blog: www.cozinhepraela.com.br, é mineiro de Belo Horizonte. O gosto pela cozinha nasceu quando, desde pequeno, via seu pai junto ao fogão a lenha, cozinhando para amigos e familiares. Alguns anos se passaram e, de auxiliar no corte de cebola e alho, passou a comandar o fogão e descobrir que cozinhar é terapia e arte! Elabora receitas diversas inspiradas em livros, viagens etc.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *