Leite de cabra e o seu uso na produção de queijo

Portal do Queijo Consumidor, Notícias, Página Inicial 0 Comments

As lojas de alimentos saudáveis ​​e outros mercados geralmente vendem leite de cabra, enquanto o queijo feito a partir dele pode complementar inúmeras receitas.

Muitos de nós estamos acostumados desde pequenos, a beber o tradicional leite de vaca, ou famosamente conhecidos como leite de caixinha. Por esta razão, às vezes, deixamos de experimentar outros tipos de leite e seus derivados produzidos por outros animais.

Um dos leites pouco lembrado é o leite de cabra. Os seus nutrientes como proteínas e a porção gordurosa são absorvidos rapidamente pelo nosso organismo, diferentemente do leite de vaca. Por esta razão, o leite de cabra é mais indicado para pessoas idosas ou que estão se recuperando de qualquer tratamento prolongado.

Diferenças do leite

Visualmente não conseguimos diferenciar o leite de vaca e o de cabra, a não ser pelo odor e sabor. Mas por serem bem parecidos, é necessário saber qual a diferença entre estas bebidas. No leite de vaca existe uma proteína chamada “alfa s1 caseína”, que pode promover quadro de alergia. Já o leite de cabra, essa proteína existe em menor quantidade e, somado à característica de ser facilmente digerido, favorece menos a ocorrência de transtornos ao organismo daqueles que têm esta deficiência.

O leite de vaca é mais consumido na forma liquida, mais barato no mercado e bem mais fácil de ser produzido, inclusive mais importante em lugares onde o leite de cabra tem uma maior tradição.

Reprodução da internet

Benefícios para a saúde do leite de cabra

O leite de cabra proporciona inúmeros benefícios à saúde, seja no auxilio a circulação sanguínea ou na prevenção de câncer. Uma boa alternativa nutritiva. Um desses nutrientes é o cálcio que contido no leite de cabra muito maior do que o encontrado no leite de vaca. Que entre tantos benefícios, evita o câncer de mama.

Para quem sofre com intolerância à lactose, a pessoa pode ter menos problemas ao ingerir o leite de cabra, pois o mesmo estimula o metabolismo de ferro e cobre e, combate inflamações.  O nível elevado de potássio no leite de cabra pode reduzir o risco de hipertensão e aterosclerose.

 Produção de queijo com leite de cabra

Queijo de cabra. Reprodução da internet

Como o nosso assunto por aqui é queijo, o leite de cabra passa pelas mesmas inspeções sanitárias que o leite de vaca. Na produção, são necessários seis litros de leite para um queijo de 500g.

 

Este tipo de iguaria também conhecido como chèfre contém um sabor picante e um aroma único, que difere ligeiramente dependendo do tempo de envelhecimento.

A quantidade de gordura é semelhante à do queijo de vaca, porém, com sabores diferentes devido aos ácidos gordos contidos nos alimentos das cabras. Já falamos aqui sobre queijos fabricados com diferentes tipos de leite.

 

França e Alemanha uma disputa acirrada

Como as cabras estão entre os primeiros animais que foram domesticados, o queijo de cabra tem uma longa tradição em muitos países. Mas hoje, o queijo de cabra ficou muito atrás do queijo de leite de vaca na maior parte do mundo ocidental.

Na Europa, um em cada 12 lançamentos de queijo (8%) entre julho de 2015 e junho de 2016 continha leite de cabra (incluindo combinações de tipo de leite), em comparação com quatro em cinco (78%) que continham leite de vaca.

Enquanto a França é um dos países mais prolíficos no que diz respeito às ofertas de queijo de cabra, a Alemanha alcançou a França nos últimos anos, sendo esses os dois mercados que dominam a inovação europeia em queijo de cabra hoje.

Conheça queijos elaborados com diferentes tipos de leite 

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *