Mães e filhas na produção de queijos! (parte 2)

Mineirinho Notícias Leave a Comment

Ana Paula, que aprendeu a produzir queijo com a sogra, e Antônio, da queijaria Pingo D´ouro.

Ana Paula, que aprendeu a produzir queijo com a sogra, e Antônio, da queijaria Pingo D´ouro.

Domingo, dia 13 de maio, comemoraremos o Dia das Mães, e nós do Portal do Queijo não poderíamos deixar essa data tão importante passar sem prestar uma justa homenagem às nossas queridas mães! Já contamos aqui a história da dona Alda e a filha Marcilene, que juntas produzem queijo lá em Pratinha (MG), lembram? Ah! E se quiserem nos mandar uma foto da sua mãe queijeira, basta nos acionar pelas nossas mídias sociais! Vamos adorar te ajudar a homenageá-la!

Então, vamos seguir homenageando as mães queijeiras e, por indicação do nosso colaborador e mestre queijeiro Elmer Ferreira, vamos contar um pouco da história de uma nora-filha que aprendeu com a sogra o ofício!

Estamos falando de Ana Paula Santos Rocha, de 29 anos, que produz queijo há 13 anos quando se casou com Antônio, filho da dona Rozalina Maria dos Passos, e foram morar todos juntos. Ana Paula nos contou que aprendeu a função graças a paciência da dona Rozalina. “Eu queria terminar logo e a minha sogra tinha paciência de uma mãe para repetir sempre que a correria era ruim para o queijo, pois o calor da nossa mão ajuda no acabamento, contribui para ficar mais liso”, conta. “Graças a Deus fui aprendendo a ser mais paciente como ela e hoje sou eu que cuido da nossa produção na queijaria. Inclusive, acabamos de lançar o selo novo do nosso queijo: Pingo D´ouro”.  A produção da família fica no município de Ibiá, micro região de Araxá (MG), e vale destacar que recentemente foi reconhecida com medalha de ouro no III Prêmio Queijo Brasil e 2º lugar no concurso estadual do queijo Minas artesanal micro região de Araxá.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *