É realizado 1º concurso de queijo de leite de cabra da região sudeste

Patrícia Andrade Eventos, Gastronomia Leave a Comment

A Cabra Fest, Festa da Cabra Leiteira, já é uma festa tradicional e, durante os dias 5, 6 e 7 de julho, animou a pequena Coronel Pacheco, cidade situada a cerca de 32 km de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Foram shows musicais, barracas de comida e venda de queijos, exposição de animais leiteiros, festival gastronômico com comidas a base de carne de cabrito e até uma aula show com pratos feitos com queijo de cabra. Ótima ocasião para o público conhecer os queijos de cabra e seus produtores e provar diferentes sabores.

 

Esse evento também é um ponto de encontro dos “cabriteiros” mineiros e de outros estados, que se reúnem para participar do workshop “Produção de Caprinos na Região da Mata Atlântica”. O evento já está em sua 16º edição e reúne técnicos, produtores, estudantes e outros interessados para discutir temas de interesse da caprinocultura e ovinocultura leiteiras e compartilhar experiências. As palestras foram transmitidas pela internet no site Repileite e os canais do workshop estarão disponíveis no portal da Embrapa. Vale a pena conferir.

A novidade deste ano foi a realização do 1º Concurso de queijo de leite de cabra da região sudeste. O concurso foi dividido em várias categorias e englobou os queijos de coagulação enzimática frescos, queijos semelhantes ao Minas Frescal, e queijos tipo Feta. A categoria maturados foi dividida em duas: queijos com maturação de até 30 dias e acima de 30 dias, onde estão incluídos os queijos tipo Caprino Romano, que se assemelham ao Parmesão. Os queijos de coagulação láctea, como o queijo do tipo Boursin, muito associado ao leite de cabra, participaram em duas categorias: temperados ou não temperados e foram apresentados na forma de pasta ou nas tradicionais bolinhas em azeite ou óleo.

Também foi incluída uma categoria para os queijos diferentes com mofo, minerais e outros. Participaram do concurso 32 queijos de produtores do estado de Minas Gerais e São Paulo. Eles foram avaliados por dez jurados, entre técnicos, especialistas do setor, chefs e referências da gastronomia. Os queijos estavam muito bons, testemunhando a grande qualidade dos produtos caprinos produzidos no brasil. Os jurados tiveram trabalho para escolher os melhores.

 

Relação dos ganhadores:

 

 

1º –Caprille

2º –Santa Cecília

3º –Cabriola

 

– Queijo tipo Feta:

1º –Cabriola

2º –Caprivita

 

– Queijo de massa lática não temperada:

1º –Cabriola

2º –Caprille

3º –Chaparral

 

– Queijo de massa lática temperada:

1º –Santa Fé

2º –Caprille

3º –Cabriola

 

– Queijo maturado até 30 dias:

1º –Santa Fé

2º –Caprille

 

– Queijo maturado acima de 30 dias:

1º –Santa Cecília

2º –Cabriola

3º –Piallet

 

– Outros (tipo zatta, fresco com alecrim e com chimichurri):

Chaparral (Honra ao mérito como único concorrente).

 

O concurso deveria incluir os queijos de ovelha, mas não houve inscrições. Espero que no próximo tenhamos muitos queijos de ovelha!

Sobre Patrícia Andrade

Patrícia AndradeFez veterinária e mestrado em tecnologia e inspeção pela UFMG. O interesse pelos lácteos a levou para França, país onde viveu por cerca de 10 anos e onde fez especialização em nutrição pela Universidade de Marselha e doutorado em zootecnia pelo AgroParisTech. Atua na área de qualidade de alimentos há mais de 20 anos. Foi professora universitária e já participou de diversos projetos de pesquisa em instituições brasileiras (UFMG e Embrapa) e francesas (ENILV, INRA, INAPG). Apaixonada por queijos e gastronomia, é autora do blog Feito com Leite e organiza cursos e eventos sobre produtos lácteos pela Caseum Queijos e Cia.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *