Top 10 queijos espanhóis – parte 2

TasteAtlas Editorial Curiosidades, Gastronomia 2 Comments

Dando continuidade à matérias sobre o top 10 queijos espanhóis, destacamos outros 5 queijos que estão na lista:

 

  1. Queijo de Roncal (Vale de Roncal)

Roncal é um queijo prensado produzido no Vale do Roncal, na comunidade autônoma de Navarra. É feito de dezembro a julho usando leite cru de ovelhas Rasa e Lacha criadas nas fazendas registradas na área designada de produção.

Depois do queijo ser salgado a seco, deixa-se amadurecer durante pelo menos 4 meses. Quando completamente amadurecido, adquire um aroma rico de ervas e flores sobre as quais as ovelhas pastam. Este queijo de leite de ovelha tem uma casca castanha espessa e suave e um sabor ligeiramente picante.

 

  1. Queijo Tetilla (Galiza ou Galícia)

O queijo Tetilla é um queijo semi-mole envelhecido feito com o leite de vacas Friesian, Swiss Brown e Galician Blonde na região da Galiza. Este queijo, amadurecido por um mínimo de 7 dias, tem uma forma típica de pera com um topo pontiagudo, razão pela qual é chamado de tetilla, que significa mamilo em espanhol.

Seu sabor é distintamente suave e amanteigado, com aromas semelhantes aos da baunilha e nozes. Queijo tetilla é geralmente combinado com presunto serrano, chouriço e uma taça de vinho.

 

  1. Queijo de leite de cabra – Caña de cabra (Região da Múrcia)

Múrcia é uma região montanhosa conhecida por produtos de leite de cabra de alta qualidade, como este queijo de leite de cabra amadurecido. Este queijo enquanto novo, é suave e cremoso com notas refrescantes de limão. À medida que envelhece, o queijo obtém um sabor intenso e acentuado com uma nota de massa. Caña de Cabra é tipicamente apreciado com mel, figos e amêndoas ou pinhões locais.

Recomenda-se combiná-lo com vinhos brancos.

 

  1. Queijo Mahón de Menorca (Menorca)

 

Mahón-Menorca é um queijo de pasta prensada, fabricado com leite integral pasteurizado ou integral de vacas Brown Swiss, Friesian ou Menorcan. Este queijo é tradicionalmente fabricado na ilha de Maiorca a partir de leite de vaca local. O leite deve ser fresco e sem conservantes ou processado de qualquer forma.

Moldado à mão e envolvido em um pano de algodão, o queijo Mahón é amadurecido por pelo menos 21 dias e pode ser curado por até 150 dias. O sabor deste queijo é intenso e complexo, com um ligeiro toque combinado com notas de manteiga e avelãs.

Mahón é periodicamente esfregado com azeite de oliva e pimentão páprica, o que lhe confere sua cor e aroma característicos.

 

  1. Queijo Payoyo (Grazalema)

Queijo Payoyo é um queijo espanhol feito com uma mistura de leite de cabra e o de ovelhas Payoyo locais e ovelhas Grazalema. Seu sabor é rico e picante; embora lembre um pouco o queijo Manchego, sua casca é hachurada, enquanto que a textura é mais cremosa e macia.

O aroma de Payoyo tem notas de manteiga e ervas. Recomenda-se servir com pão crocante e um copo de xerez seco ou vinho tinto. O Ministério da Agricultura espanhol concedeu-lhe o título de Melhor Queijo da Espanha em 2013 e, em 2014, ganhou uma medalha de bronze na premiação Melhores Queijos do Mundo.

Sobre TasteAtlas Editorial

TasteAtlas EditorialO TasteAtlas é um atlas mundial de alimentos e bebidas, uma enciclopédia de sabores. Eles se dedicam a observar, preservar e promover ingredientes locais, pratos tradicionais, receitas autóctones e restaurantes emblemáticos. O atlas , já registrou mais de 10.000 pratos e ingredientes e este número está crescendo!

Compartilhe esse post

Comments 2

  1. Avatar
    1. Lorenza Coelho

      Boa tarde! È um prazer ter você como leitor! A partir do mês de setembro teremos presentes personalizados com queijo. Continue nos acompanhando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *