Capelase Tricolor

Capelase Tricolor ao Vinho Branco

André Barreto Notícias Leave a Comment

Gostaria de compartilhar uma receita que recebi como desafio da Festa Italiana, que ocorreu em Belo Horizonte/MG, considerado, segundo os organizadores, o maior evento típico fora da Itália!

O desafio passou da  ACIBRA (Associação de Cultura Ítalo – Brasileira do Estado de Minas Gerais) e da Bruna Chaves(ex-masterchef Brasil) que me pediram para preparar uma tradicional “Pasta da Nona”. Confira.

 

INGREDIENTES:

• 1 pacote (400g) de Capelase tricolor Terni
• 1 caixinha de Creme de Leite
• 200ml de Vinho branco seco
• ½ cebola picadinha
• 1 dente de Alho picadinho
• 1 colher de sopa de Manteiga
• 1 colher de sopa de Azeite Extra Virgem
• 1 colher de chá de Farinha de Trigo
• Raspas de ½ Limão Siciliano
• 3 ramos de Tomilho fresco
• Noz-moscada a gosto
• Sal a gosto
• Pimenta do Reino a gosto
• Queijo Parmesão ralado

MODO DE PREPARO:

1- Coloque Água em uma panela para ferver com uma pitada de Sal.

2- Em quanto isso, refogue em outra panela a Cebola na Manteiga com Azeite por uns minutos. Coloque o Alho e refogue também. Salpique a Farinha de Trigo e cozinhe por 2 minutos. Junte o Tomilho e o Vinho branco. Cozinhe até reduzir ligeiramente.

3- Acrescente o restante dos ingredientes e deixe cozinhar em fogo baixo, sempre mexendo. Ajuste o tempero com Sal, Pimenta e as Raspas de Limão.

4- Cozinhe o Capelase em Água fervente por até 2 minutos (cuidado ao manuseá-lo para não abrir) e retire-o da panela.

5- Incorpore a Massa na panela com o molho e misture delicadamente. Aqueça por uns minutos e sirva imediatamente.

6- Finalize com o Parmesão ralado e um ramo de Tomilho.

RENDIMENTO: 4 porções

DICAS:

– Harmonize com um Vinho típico italiano. Sugestão de harmonização: Monte Guelfo Rosso 2014, da região da Toscana.

– Leve o Parmesão ralado à mesa.

 

Sobre André Barreto

André BarretoIdealizador do Blog: www.cozinhepraela.com.br, é mineiro de Belo Horizonte. O gosto pela cozinha nasceu quando, desde pequeno, via seu pai junto ao fogão a lenha, cozinhando para amigos e familiares. Alguns anos se passaram e, de auxiliar no corte de cebola e alho, passou a comandar o fogão e descobrir que cozinhar é terapia e arte! Elabora receitas diversas inspiradas em livros, viagens etc.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *