Aprendizado sobre a fabricação do Queijo Minas Artesanal 

Lorenza Coelho Notícias 2 Comments

Divulgação/Emater-MG

Divulgação/Emater-MG

A tradição e os detalhes da produção do Queijo Minas Artesanal na região da Serra da Canastra chegaram às salas de aula.  Um projeto criado pela Emater-MG, no município de Arcos, está mostrando para as crianças o processo de fabricação do queijo, desde a ordenha no curral até o produto final.

O projeto, conhecido com Arca da Aliança Rural e Urbana Sustentável (Arus), já mobilizou escolas públicas dos municípios de Arcos, Pains e Japaraíba. A ideia é unir as práticas de fabricação de queijo com as disciplinas tradicionais das escolas. Desde o final do ano passado, já foram realizados três cursos. Os alunos são levados a uma propriedade rural, onde podem ver de perto todo o processo de fabricação do queijo, que ficou conhecido como Queijo Agroecopedagógico.

Parceria 

Os pais dos alunos também puderem participar das práticas nas propriedades rurais. O projeto Arus é desenvolvido em conjunto com a prefeitura Municipal de Arcos e conta  com apoio da cooperativa Sicoob União Centro-Oeste e das empresas Embaré e Matsuda.

O projeto Arus foi criado para valorizar o campo e dar novas opções para a economia da região quando, futuramente,  não houver mais a atual extração de calcário. Além da prática com o queijo, envolvendo as escolas, também estão sendo desenvolvidos projetos distintos para aumento da produtividade da cultura da mandioca, para produção e venda de mudas de capim e ações para acolhimento de menores, com ensinamentos agroecológicos. Por intermédio do Arus, já foram desenvolvidas outras ações ambientais, com plantio de mudas e construção de barraginhas para captação de águas das chuvas. Ao final da primeira etapa do projeto com as crianças, será elaborado um livro com os detalhes da iniciativa para que possa ser adotada por qualquer escola interessada.

Sobre Lorenza Coelho

Lorenza CoelhoLorenza Coelho é jornalista com mais de 20 anos de mercado. Nascida em Congonhas/MG, teve o queijo mineiro como ingrediente de sua infância. Gosta de apreciar o queijo por onde passa e, principalmente, conhecer as características de fabricação, os produtores que estão por trás desse lindo ofício. Graças à sua expertise em comunicação e com "a faca e o queijo na mão" decidiu criar um site para falar sobre o assunto. Atualmente, escreve sobre o tema para a revista Cerveja de Todos os Jeitos, do Clube do Malte.

Compartilhe esse post

Comments 2

  1. Avatar
    1. Lorenza Coelho Post
      Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *