Laticínio Scala oferece programa de ensino de jovens e adultos para seus colaboradores

Lorenza Coelho Notícias 1 Comment

Ciente de seu papel social, o Laticínio Scala vem há quatro anos incentivando e dando a seus colaboradores a oportunidade de voltar a estudar para concluir o Ensino Fundamental e Médio através de um programa chamado EJA – Ensino de Jovens e Adultos. Os ciclos de ensino são bianuais e até o momento cerca de 60 funcionários conseguiram finalizar o ensino regular e sete foram alfabetizados.

De acordo com Hebe Noventa, Supervisora de Desenvolvimento Organizacional do Laticínio Scala:

Profissionais que em média estavam longe da escola há mais de 20 anos renovaram sua crença de que, é sim possível, aprender e concluir os estudos, dando um passo de cada vez.

O programa oferece a essas pessoas, tanto nos modos presenciais como ensino a distância, o acesso ao conteúdo necessário conclusão dos estudos básicos e sua formação continuada.

Todos os semestres há uma reunião dos colaboradores que não concluíram ainda o Ensino Fundamental e Médio com seus gestores imediatos onde a empresa apresenta as propostas de ensino disponíveis nas cidades em que está inserida.

Aqueles que demonstram interesse em cursar o EJA pela modalidade presencial/regular são direcionados para escolas parceiras de Sacramento e acompanham o calendário de cada instituição. Já os que optam pelo ensino à distância são alocados no SESI de Araxá – com o qual o Laticínio Scala também tem parceria – responsável por trabalhar as disciplinas e temas transversais como cidadania, ética, postura no trabalho, saúde do trabalhador, habilidades manuais e comportamentais, etc…

Os funcionários também podem realizar o ENCCEJA -Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – na cidade de Salitre de Minas como forma de concluir seus estudos.  Nesses casos, os colaboradores se inscrevem para o exame e recebem as apostilas com o conteúdo. A partir daí, eles têm seis meses para estudar em casa e fazer a prova.

Sobre a Scala

Com 55 anos de existência, o Laticínio Scala se tornou um dos principais produtores de queijos do Brasil, responsável pela muçarela queridinha dos pizzaiolos. Possui três fábricas, sendo duas em Sacramento-MG e uma em Salitre de Minas. Além dessas, a Scala possui uma indústria de produtos destinados à nutrição animal, uma unidade armazenadora de grãos e um moderno centro de distribuição.

Com capacidade para processar mais de 600 mil litros de leite por dia, a empresa detém uma linha de produtos completa que conta com: parmesão, provolone, gorgonzola, minas padrão, colonial, meia-cura, queijo de coalho, prato, requeijão, cream cheese (lançamento), manteiga e a muçarela.

Além disso, a Scala também possui uma preocupação social e ambiental com projetos de sustentabilidade.

Mais informações com a assessoria de imprensa da Scala:

Communicação Assessoria Empresarial

Graziele do Val – Graziele.val@communicacao.com.br

Bárbara do Val Blanco- barbara@communicacao.com.br

Sobre Lorenza Coelho

Lorenza CoelhoLorenza Coelho é jornalista com mais de 20 anos de mercado. Nascida em Congonhas/MG, teve o queijo mineiro como ingrediente de sua infância. Gosta de apreciar o queijo por onde passa e, principalmente, conhecer as características de fabricação, os produtores que estão por trás desse lindo ofício. Graças à sua expertise em comunicação e com "a faca e o queijo na mão" decidiu criar um site para falar sobre o assunto. Atualmente, escreve sobre o tema para a revista Cerveja de Todos os Jeitos, do Clube do Malte.

Compartilhe esse post

Comments 1

  1. Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *