Na Irlanda, casal de mineiros faz queijo Minas

Mineirinho Notícias 3 Comments

Por Osvaldo Filho @queijodalagoamg (correspondente internacional do Conheça Minas)

Você sai de Minas Gerais, mas Minas Gerais não sai de você. O casal de mineiros, lá de Itabira, Héverton Santos e Lídia Vieira estão residindo em Cork, na Irlanda, desde março de 2017.

Depois de 6 meses sem comer queijo de Minas Gerais, Héverton decidiu fazer o próprio queijo pra matar a vontade.

Desde quando eu tinha 10 meses de idade que eu como queijo. Meu tio vinha visitar minha tia, que estava terminando a gestação em casa, e trazia queijo toda semana. Minha tia comia e me dava queijo desde então.

 

relata Héverton, que pesquisou na internet onde poderia conseguir coalho.

Numa página de culinária irlandesa conseguiu o coalho para começar e o leite cru é entregue todo sábado por um produtor de leite irlandês chamado Colin.

Inicialmemte, o casal de mineiros começou a produzir para consumo, mas a brincadeira ficou séria e virou um negócio: Minas Cheese Ireland’s Homemade.

Atualmente estão produzindo 5 a 6 queijos frescais por semana (Ara Lana) e são vendidos para a comunidade brasileira na Irlanda. O queijo tem agradado também o paladar dos irlandeses, que preferem os mais curados (Dona Nega).

Para acompanhar a lida deles na Irlanda visite o instagram @minascheese.ie

Compartilhe esse post

Comments 3

  1. Avatar
  2. Avatar

    Olá boa noite, saudações mineiras!

    Aqui é o Heverton do MinasChees.ie. Estou passando para agradecer pela publicação da matéria, feita pelo Osvaldinho, aqui no Portal do Queijo.

    Muito obrigado por compartilhar um pouco da nossa história, tenho muito orgulho de ser mineiro e fico muito feliz de carregar o nome e as tradições da nossa Minas Gerais pelo mundo.

    Tenham um ótimo final de semana!
    Atenciosamente,
    Heverton

  3. Avatar

    Muito legal! Mas será que pode ser considerado “queijo Minas”?!
    Produzido fora de Minas, em outro clima e com leite de proveniência estrangeira? Não seria melhor denominar “queijo tipo Minas”?
    Os europeus protegem seus produtos com a Denominação de Origem Controlada ou Denominação de Origem Protegida. É importante fazermos o mesmo para defender e garantir os produtos reconhecidamente brasileiros e mineiros.
    Em matéria publicada nesse mesmo portal (https://portaldoqueijo.com.br/noticias_queijos/consumidor/2019/03/20/dou-europeu/), esse processo já está em andamento para os queijos mineiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *