Não achou queijos especiais? Aposte nos similares para fazer bonito à mesa!

Lorenza Coelho Dicas, Notícias Leave a Comment

Muitas pessoas adoram fazer bonito na hora de montar uma tábua de frios ou criar um prato saboroso para acompanhar aquela cerveja geladinha. E com o objetivo de oferecer uma experiência diferente aos seus convidados, a maioria busca por queijos especiais. Porém, grande parte se deparam com queijos difíceis de serem encontrados nas prateleiras de supermercados e empórios já que muitos são de origem estrangeira.

Eu conversei com Christóvão de Oliveira e Helena Castro de Sousa –  ambos consultor enológico e fromagere do supermercado Verdemar de Belo Horizonte, respectivamente –  e eles me deram dicas super legais sobre a substituição de queijos especiais por similares, sem perder o glamour e a autenticidade da receita.

 

Confira a tabela desenvolvida por eles para que possa fazer a substituição.

 

Queijo original Queijo similar
Taleggio Italiano Teleggio Nacional ou Reblochon Serra das Antas
Raclete Francês ou Suíço Raclete Austríaco, Serra das Antas, Fontina PJ, GruyèreSuíço ou Gouda Holandês
Cablanca Holandês Queijo Le Chevre
Maasdam Holandês Queijo Francês President Madrigal, Gruyère Tirolez ou Polenghi
Queijo Francês La Vache Qui Rit Queijo Francês President Fundido ou Polenguinho
Queijo Mascarpone Italiano Queijo Mascarpone Vitallate ou Finabel. Esse queijo é muito usado para fazer Tiramissú.
Gouda Holandês Coroa Gouda Holandês Premium ou Grandor
Fondue de Queijo SuíçoOriginal Fondue Suíço Nacional Tirolez, Campo Lindo, São Vicente, Faixa Azul, Serra Bella ou Marília
Queijo Bleu de Bresse Francês Queijo Camembleu São Vicente
Palet de Chevre PresidentFrancês Queijo Camembert de Cabra Serra das Antas
Pont L’Evêque  Serra das Antas Queijo Taleggio ou Reblochon Serra das Antas
Queijo Saint Marcellin Francês Queijo  Saint Marcellin Serra das Antas
Vicent Van Gog Holandês Queijo Holandês Belprado, Montan ou Primadonna Azul
Feta Grego Queijo Feta Paulicapri ou Capriville (elaborado com leite cabra) e Queijo Feta Casa da Ovelha (feito com leite de ovelha)
Pecorino Italiano Romano Queijo Pecorino Pinna ou Quatrocolli Italiano. E Queijo Pecorino Gran Mestre ou Casa da Ovelha
Queijo Prima Donna Vermelho Queijo Holandês Rembrandt ou Old Duch Máster
Queijo Albumina Esse termo é muito utilizado por italianos. A albumina é uma proteína presente no leite e em grande quantidade na ricota
Queijo Roquefort Francês Queijo Gorgonzola Francês Saint Agur. A diferença está no leite. O Roquefort francês é elaborado com leite de ovelha. O Saint Agur é elaborado com leite de vaca
Queijo Emmental Suíço Queijo Tipo Emmental Tirolez, Cruzilia, PJ ou Serra Bella
Queijo Stracchino Italiano Essa denominação é utilizada pelos italianos para descrever os queijos moles e quadrangulares da Lombardia. O queijo Taleggio é conhecido com esse nome.
Queijo para fazer fondue Queijo Emmental e Gruyère Suíço e os queijos tipo Emmental e Gruyère Tirolez, Polenghi, PJ, Serra Bella ouCruzilia. Gouda, Maasdam Holandês e Queijo Fontina PJ também cumprem essa função
Queijo Boursin Francês Queijo Tipo Boursin Caprivita e Santa Fé
Queijo Gruyère Suíço Queijo Tipo Gruyere Tirolez, PJ, Polenghi ou Serra Bella
Port Salut Italiano Queijo Teleggio Italiano Serra das Antas ou Reblochon Serra das Antas

 

 

Espero que tenha gostado dessas preciosas dicas e desejo sucesso com seus convidados. Em nosso portal (www.portaldoqueijo.com.br) você encontra várias outras sugestões de harmonização, receitas etc.

Aguardo sua visita!

Sobre Lorenza Coelho

Lorenza CoelhoLorenza Coelho é jornalista com mais de 20 anos de mercado. Nascida em Congonhas/MG, teve o queijo mineiro como ingrediente de sua infância. Gosta de apreciar o queijo por onde passa e, principalmente, conhecer as características de fabricação, os produtores que estão por trás desse lindo ofício. Graças à sua expertise em comunicação e com "a faca e o queijo na mão" decidiu criar um site para falar sobre o assunto. Atualmente, escreve sobre o tema para a revista Cerveja de Todos os Jeitos, do Clube do Malte.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *