Empresa mineira completa 10 anos vendendo queijo pela internet

Lorenza Coelho Consumidor, Notícias, Produtor Leave a Comment

Nas montanhas altas e frias da Mantiqueira esconde-se a pequena cidadezinha de Alagoa, com pouco mais de 2.40 habitantes, no Sul de Minas Gerais. Nos últimos 10 anos o município ganhou reconhecimento nacional e internacional pela produção centenária de queijo, que rompeu as fronteiras e conquistou o mundo.

PIONEIRISMO – O ano era 2009. O senhor Batista Dias Pinto era mais um, entre os atuais 135 produtores de queijo, que tirava leite até de pedra para conseguir sobreviver no Rio Acima, zona rural de Alagoa. Dona Clarice, amiga da Dona Chica, esposa do Batistinha, pediu para seu filho, Osvaldo Filho, que é nosso colunista, fazer uma visita à família para tentar ajudar.

“O comprador pagava uma merreca no queijo e ainda dava cheque para 40 dias” confessa Seu Batistinha. O visitante voltou encafifado com a situação precária. Pensando nisso lhe veio um insight de vender queijo pela internet. “Pensei: meu Deus, estou ficando louco! Vender queijo pela internet? E a voz repetiu dentro da minha cabeça: Venda queijo pela internet” relata Osvaldinho. Em novembro de 2009, com o apoio do SEBRAE Minas, nasceu a Queijo d’Alagoa-MG, pioneira na venda de queijo pela internet (site: www.queijodalagoa.com.br).

QUEIJO PREMIADÍSSIMO – Ao longo dos 10 anos a Queijo d’Alagoa-MG acumula prêmios e mais prêmios. Em 2013 recebeu o Prêmio de empreendedorismo e inovação José Costa, Troféu Araujo Modesto, da Fundação Dom Cabral e Diário do Comércio.

As premiações culminam no Melhor Queijo Artesanal de Leite Cru do Brasil (Super Ouro no III Prêmio Queijo Brasil em 2017) e um dos Melhores Queijos do Mundo (Ouro no Mundial do Queijo do Brasil 2019; Prata 2019 e Bronze 2017 no Mondial du Fromage na França). Em junho de 2018 a “Queijo d’Alagoa-MG” foi finalista e recebeu o Prêmio Melhores do Ano da Revista Prazeres da Mesa. Para ver todos os Prêmios clique aqui.

TRANSFORMAÇÃO SOCIAL – Além de movimentar a economia local o negócio do queijo também tem fomentado o turismo! Em 2014 recebeu o Troféu MG Turismo, do Jornal MG Turismo de BH por atrair turistas à Alagoa. Em maio de 2019 a Queijo d’Alagoa-MG recebeu o Certificado de Excelência 2019 da TripAdvisor.

Na França, a Queijo d’Alagoa-MG também recebeu a Medalha da Guilde Internationale des Fromagers pelos benefícios econômico-sociais trazidos a Alagoa através da veiculação do queijo pela internet, resgatando a história, preservando a tradição, valorizando a cultura, agregando valor ao produto e ao produtor e fomentando o turismo. Segundo os Correios, é o contrato da Queijo d’Alagoa-MG que mantém a agência dos Correios aberta na cidade sendo mais um benefício social à comunidade.

NO GOSTO DOS CHEFS – “É um sucesso tremendo. Sei que é muito trabalho, são 10 anos de muita luta. Estão levando o nome de Minas para o Brasil e o Mundo. Desejo muitas felicidades!” parabeniza o chef mineiro Edson Puiati.

O chef que mora em São Paulo, Guga Rocha, também felicita: “Parabéns pelo trabaho, pela transformação social, pela paixão pelo ingrediente, por fazerem, sem dúvida, um dos melhores queijos do mundo!”. Lá do Rio de Janeiro, a Chef Roberta Sudbrack suspira: “Parabéns, o queijo é uma joia rara, uma poesia”.

10 ANOS – Para comemorar o aniversário diversos produtos entre queijos, cafés especiais e azeite do site estão com descontos neste mês de novembro. Os turistas que visitarem a loja física, a primeira loja de Alagoa especializada em queijos artesanais, serão presenteados com um par de taças comemorativas ao decenário.

 

Parabéns!

 

 

Sobre Lorenza Coelho

Lorenza CoelhoLorenza Coelho é jornalista com mais de 20 anos de mercado. Nascida em Congonhas/MG, teve o queijo mineiro como ingrediente de sua infância. Gosta de apreciar o queijo por onde passa e, principalmente, conhecer as características de fabricação, os produtores que estão por trás desse lindo ofício. Graças à sua expertise em comunicação e com "a faca e o queijo na mão" decidiu criar um site para falar sobre o assunto. Atualmente, escreve sobre o tema para a revista Cerveja de Todos os Jeitos, do Clube do Malte.

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *